sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Ergonomia

Ergonomia é a adaptação do trabalho ao homem. É de caráter multidisciplinar, utiliza conhecimentos da engenharia, psicologia, medicina, filosofia, entre outros, visando auxiliar no projeto de móveis, equipamentos e máquinas; abrange também a organização do trabalho.

O objetivo é proporcionar um máximo de conforto, segurança e eficácia.

A Ergonomia surgiu durante a 2ª guerra mundial, quando houve a necessidade de profissionais de diversas áreas para adaptar equipamentos militares tendo por objetivo aumentar a eficiência e reduzir erros.

Hoje tem crescido bastante a prática da Ergonomia em indústrias e bancos, pois o aumento da produtividade é bastante significativo já que houve redução as ausências do trabalho e prevenção das doenças ocupacionais.

Vejamos alguns regulamentos, que estabelecem parâmetros quanto a adaptação das condições de trabalho.

-Para facilitar o transporte de cargas de verão, são usados meios apropriados, o peso não poderá comprometer a saúde e a segurança do trabalhador.

-Para quem trabalha na posição sentada, as cadeiras devem ser ajustáveis a estatura do trabalhador e a natureza da função. Ter borda frontal arredondada e encosto em forma leve adaptada ao corpo para proteção da região lombar. Quando o trabalhador não alcança os pés no chão é necessário em suporte para os pés.

-Trabalhos com terminais de vídeo devem ser posicionados em superfícies com altura ajustável e permitir boa mobilidade e ajustes de tela. O teclado deve ser independente do monitor e ter mobilidade.

-Para atividades que existem atenção constante a iluminação deve ser bem distribuída difusa e instalada de forma a evitar reflexos incômodos e contrastes excessivos.

A característica de organização do trabalho é repartir tarefas; é a questão da divisão do trabalho definindo quem faz o quê, como e em que tempo; levando em consideração as normas de trabalho, o modo operatório, o ritmo do trabalho.

Quando a organização do trabalho é estabelecida de comum acordo, a saúde é preservada e gera satisfação, quando imposta e não adequada, gera a insatisfação, podendo levar ao adoecimento.

Preserve a sua saúde!

Como melhorar?

Existem pessoas que sempre culpam os outros por coisas que acontecem; vivem se queixando e transferem aos outros a responsabilidade de tudo que acontece.

Dizem que o filho não vai bem na escola por culpa do professor, que o casamento fracassou por culpa do outro, que sofrem por culpa dos pais, que são infelizes por culpa da situação financeira, enfim... Será?

Tal pensamento permite a elas desviar de si a responsabilidade pelos seus fracassos. Mas, mesmo que pareça, não é assim que devemos agir.

Por mais errado que o outro aparente estar, você não deve jogar a culpa nele, tal atitude na melhora em nada e provoca mútuos insultos e atribulações.

Você tem que melhorar; e consequentemente o outro melhorará e assim toda a situação vivida também mudará. Se a mulher melhorar, o marido se tornará melhor, e assim toda a situação vivida também mudará. Se ela lhe sorrir, ele retribuirá.

Não culpe outras pessoas pelas adversidades e problemas que possa vir a passar; a vida é uma sala de aula, e você deve estudar com afinco e dedicação para concluir seu aprendizado.

Se você reprovar, continuará definidamente nessa classe e não se adiantará. A vida pertence a você e não aos outros.

Tenha coragem de mudar seus hábitos. Reflita sobre alguns itens que se encontra enumerados a seguir. Seu lar é um lugar agradável de rostos sorridentes e palavras amorosas.

Você fala com palavras estridentes ou grita com as pessoas? Tem o habito de franzir os olhos? De manhã, ao se levantar você cumprimenta seus familiares? Agradece a deus pelos alimentos antes das refeições? Não está sendo negligente em algum aspecto? Não está sendo preguiçoso? Está enganando a si próprio no dia a dia? Não está sendo precipitado ou apressado demais? Não está apegado demais as coisas materiais ou mesmo aos outros? Há falhas na sua bondade? Não está preocupado demais com o que passou e com o que virá no futuro?

Refletindo sobre estes pontos e chegando a conclusão de que sua vida não está de acordo com a vontade de Deus, você deve sem falta, de forma corajosa, mudar para o modo positivo de viver.

Muitas pessoas, mesmo quando são aconselhadas a abandonar um mau hábito, continua indefinidamente com o habito que tem até então.

Se aconselhamos as pessoas a cumprimentarem seus pais, o marido pela manhã com um beijo, e um bom-dia carinhoso e alegre, mesmo conscientes de que isso é bom, na hora de por em pratica sentem vergonha e não encontram coragem para fazê-lo; no entanto são corajosas para continuar no erro.

Esse exemplo se encaixa para comportamentos e atitudes. A coragem e a consciência devem estar voltadas para praticar o bem.

A oportunidade que temos ao cair é o movimento de se levantar; movimento que fortalece os músculos necessários para essa superação.

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Como você lida com os seus problemas?

É muito comum as pessoas se desesperarem e deixar o stress tomar conta da situação, diante de um ou mais problemas.
Realmente não é fácil nos depararmos com problemas, principalmente quando precisamos cumprir metas no trabalho ou deixar tudo certo em um determinado horário.

Mas, a questão de hoje é: Como lidar com os problemas?
Devemos deixar tudo de lado e nos focarmos no problema? Negativo! Ai está o grande erro.

É preciso focar a SOLUÇÃO do problema, não o problema em si. Se pensarmos muito no problema é comum que sentimentos negativos tomem conta da situação, porém se focamos a solução, sentimentos de superação e motivação possuem nossa mente.

E isso faz toda a diferença na vida e na rotina das pessoas.
Lição de hoje: Não olhe para o problema, mas para a solução dele.

E lembre-se: acredite sempre em você! Se você não acreditar, dificilmente alguém o fará.

Se você caiu, errou, fracassou...
Agora você pode escolher: Ficar caído ou levantar-se!
O pior erro de todos é desistir e deixar de lutar!

Seguidores